top of page
Buscar

Aos 59 anos Eros Ramazzotti volta a encantar Portugal


Eros Ramazzotti regressou a Portugal e em dose dupla. Nos dias 3 e 4 de fevereiro, o público da Altice Arena, em Lisboa recebeu com euforia um dos maiores cantores italianos, dono de inúmeros sucessos à escala mundial.

O regresso de Eros Ramazzotti a Portugal, quase 30 anos depois, fica marcado pela apresentação ao vivo do novo álbum "Battito Infinito" lançado em setembro do ano passado e que dá o nome à tour. Mas não só de música nova se fez o espetáculo, quem esteve presente assistiu a uma grandiosa aventura pelos grandes êxitos do artista, tais como "Dove C'e' Musica", "I Belong To You", "Un'Emozzione per Sempre", "Più Bella Cosa", "Un'Altra Te", "Se Bastasse una Canzone", "Un Attimo di Pace" e "Piu Bella Cosa".

Aos 59 anos de idade, Eros Ramazzoti apresenta-se em palco com a sua voz inigualável, por vezes com a sua guitarra e sempre com uma energia contagiante. Acompanhado por uma banda de excelência e as suas backvocals que têm um papel de grande relevo durante o espetáculo.

Um palco altamente tecnológico da Altice Arena acolheu as duas noites de espetáculo que, graças ao arrojado trabalho da equipa de produção, fizeram surpreender o público. Neste ponto, refira-se que ao longo de seis dias - três dos quais dedicados a ensaios -, estiveram 200 pessoas envolvidas nas montagens. O transporte dos materiais de produção foi assegurado por oito camiões TIR.

Após passagens de grande sucesso por cidades como Los Angeles, Miami, Nova Iorque e Buenos Aires, Lisboa foi assim a primeira cidade europeia a receber a "Battito Infinito World Tour", que conta com 60 concertos em algumas das cidades mais importantes do mundo.

Eros Ramazzotti é inquestionavelmente um dos artistas de maior sucesso em todo o mundo, com canções que marcaram não só a história da música italiana, mas também da música internacional. Os números não mentem: 70 milhões de discos vendidos, dois mil milhões de transmissões e quase dois mil milhões de visualizações no YouTube. Após 14 álbuns de estúdio, tours europeias e mundiais completamente esgotadas, inúmeros prémios, nomeações e reconhecimentos, o cantor e compositor italiano está agora a celebrar 35 anos de carreira com esta digressão mundial.



Comments


bottom of page