top of page
Buscar
  • Foto do escritorAlvor FM

SOPHIA disponibiliza EP de estreia ''MELANCHOLIA''


A cantora, compositora e atriz SOPHIA editou o seu EP de estreia "MELANCHOLIA". Fruto da colaboração com o produtor FOQUE, este lançamento assume a melancolia como um processo catártico de aceitação que nos torna mais conscientes de nós próprios na relação com o mundo.

"Este projeto é um exercício musical a partir de um estado melancólico que me transportou para uma experiência de interioridade. A premissa foi cuidar de um empoderamento do estado melancólico e das suas contradições subjetivas, como se fosse um instrumento para compreender melhor a minha participação no mundo", conta SOPHIA.

"MELANCHOLIA" marca uma nova era da expressividade artística de SOPHIA, numa fusão entre a música tradicional, a eletrónica e a componente coral, ligada à sua formação em música clássica. As canções surgem, nas suas palavras, como provas de que os "assuntos que mais nos paralisam podem ser aqueles que mais nos libertam".

O EP de estreia de SOPHIA apresenta também o novo single 'Forma'. Com música e letra da autoria da artista e produção a cargo de FOQUE, 'Forma' é um tema sobre a indecisão do caminho a seguir no final de uma relação.

"'Forma' materializa a indecisão como um estado bruto. A música procura dar forma à indecisão que descreve um término amoroso entre duas pessoas que não se reconhecem uma sem a outra, mas que precisam de avançar sozinhas", afirma SOPHIA.

O novo single apresenta-se com um videoclipe realizado por ALEXANDRA DE ALMEIDA, cujo conceito segue a narrativa da canção, espelhando o sentimento de indecisão e, também, a frustração por não conseguirmos que o outro se sinta como nós sentimos.

"A experiência visual de 'Forma' propõe uma ficção de intimidade partilhada entre uma figura que analisa, repensa, projeta uma relação e o seu desprendimento. A casa a céu aberto é um símbolo de um impasse emocional que não nos permite, muitas vezes, ver-nos de fora ou nos resgatar-nos de nós próprios. As figuras sem nome representam as pessoas que procuram ajudar-nos. Por mais certo e normal este processo de ajuda de quem está de fora, há sempre uma frustração de não conseguir fazer o outro sentir o mesmo que nós. O videoclipe procura expressar essa sensação óbvia", revela a cantora.

©MORADA | Foto:D.R.


Comments


bottom of page