top of page
Buscar
  • Foto do escritorAlvor FM

SleepyThePrince junta-se à Virgin Music Portugal


SleepyThePrince é o novo membro de uma família cada vez mais composta: o rapper, produtor, compositor e director criativo torna-se, assim, a nova cara da Virgin Music Portugal a dias de IN MELANCHOLIC DREAMS 3, o seu mais recente álbum de estúdio, celebrar o primeiro aniversário.

Reconhecido pelo capacete que se tornou a sua imagem de marca, o artista luso-angolano tem-se notabilizado, sobretudo, desde meados de 2022, mas o seu percurso na música remonta bem atrás. O caminho de André Saraiva Pedro tem sido trilhado a pulso e sem passos maiores que a perna: os primeiros, já pelo seu próprio pé, foram dados em 2014, passou também pela Academia de Música Neval de Luanda, Angola, em 2017, e desde então tem-se dedicado a editar música em nome próprio.

Até então, SleepyThePrince já contava com uma série de projectos em seu nome antes da visibilidade bater à porta da frente. Desde a afirmação em High Desde O Começo (2020) à série que encabeça em In Melancholic Dreams — que, em 2022, chegou ao terceiro capítulo —, o trabalho desenvolvido nos últimos anos pelo mais recente artista da Virgin Music Portugal tem falado mais alto, ainda que o grande salto se tenha assinalado à boleia de singles como "Colosso", "Estrela de Rock" (paradigmático da sua identidade visual), "No Point" e "Fucktores" — precisamente numa fase em que assumiu um novo alter ego sob a máscara do célebre capacete.

A sua marca de água evidencia-se, por isso, muito para lá do adereço cénico que passou a usar daí para a frente. A nível musical, SleepyThePrince é alguém que faz da sua voz arma de eleição — e o uso de ferramentas acessórias como o auto-tune, no seu caso, não o limitam nem servem de recurso para suprir incapacidades vocais; muito pelo contrário, permitem-no uma elasticidade de experimentação admirável, fazendo da voz autêntico instrumento melódico a par das guitarras e 808's que caracterizam o seu som. E a estética visual, inconfundível, destaca-se como mais do que complemento; é antes uma condição obrigatória em cada proposta audiovisual, determinante na sedimentação artística de um talento em bruto como é o caso deste "príncipe" da música portuguesa.

Das plataformas digitais para os palcos, a afirmação artística de SleepyThePrince tem-se revelado transversal, desde logo pelas passagens do artista por grandes palcos nacionais como os do Festival Iminente — onde tocou no palco principal da última edição — e do NOS Alive deste ano — onde actuou em nome próprio no Palco WTF Clubbing.


Universal Music | Foto:D.R.


Comments


bottom of page