Buscar
  • Alvor FM

Reedições especiais do álbum Revolver dos The Beatles já estão nas lojas e plataformas digitais


Revolver: o álbum de 1966 dos The Beatles que mudou tudo. Ao tirar a música popular do seu eixo e inaugurando, assim, uma era vibrante de música psicadélica, experimental e de vanguarda, Revolver trouxe uma mudança cultural radical e marcou uma alteração importante na própria evolução criativa dos The Beatles. Com Revolver, John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr navegaram juntos num novo mar musical.

Revolver é agora reeditado mundialmente em várias versões de edição especial, recém-misturadas e expandidas pela Apple Corps Ltd./Capitol/UMe.

As 14 canções do álbum Revolver foram recentemente misturadas em stereo e Dolby Atmos pelo produtor Giles Martin e pelo engenheiro de som Sam Okell, e a mistura em mono original do álbum é proveniente da gravação analógica em mono de 1966. A nova Edição Especial de Revolver sucede-se às edições especiais remisturadas e expandidas, universalmente aclamadas, de Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band (2017), The BEATLES ('White Album') (2018), Abbey Road (2019) e Let It Be (2021).

Todas as novas versões de Revolver incluem a nova mistura em stereo álbum, concebida a partir das gravações analógicas em quatro pistas. O áudio é produzido com clareza impressionante com a ajuda da tecnologia de mistura de ponta desenvolvida pela premiada equipa de som liderada por Emile de la Rey na WingNut Films Productions Ltd de Peter Jackson. As versões Super Deluxe física e digital também apresentam a mistura em mono original do álbum, 28 takes iniciais das sessões de gravação do álbum e três demos caseiras, e um EP de quatro temas com novas misturas em stereo e misturas em mono originais remasterizadas para Paperback Writer e Rain. A nova mistura Dolby Atmos do álbum será lançada digitalmente.

Em todas os formatos, a Edição Especial de Revolver conta com o artwork original do álbum, vencedor de um GRAMMY, criado pelo amigo de longa data dos Beatles, o baixista e artista alemão Klaus Voormann. O livro das versões Super Deluxe em CD e vinil inclui o prefácio de Paul McCartney; uma introdução de Giles Martin; um ensaio esclarecedor de Questlove; e capítulos perspicazes e notas detalhadas das várias canções, escritos pelo historiador dos Beatles, autor e produtor de rádio, Kevin Howlett. O livro é ilustrado com fotos raras e inéditas, imagens nunca antes publicadas de letras manuscritas, folhas de gravação, bem como anúncios impressos de 1966 e excertos da novela gráfica de Voormann, birth of an icon: REVOLVER.

Lançado originalmente a 5 de agosto de 1966, Revolver manteve-se durante sete semanas no #1 do top de vendas de álbuns do Reino Unido, e o single duplo com Eleanor Rigby e Yellow Submarine, liderou a tabela de singles do Reino Unido durante quatro semanas em agosto e setembro. Nos EUA, a Capitol lançou uma versão de 11 temas de Revolver, que esteve durante seis semanas no #1 do top de vendas de álbuns da Billboard. I'm Only Sleeping, And Your Bird Can Sing e Doctor Robert foram anteriormente retiradas das sessões para o lançamento norte-americano da compilação Yesterday And Today em junho. A capa desse álbum foi originalmente impressa com a infame "capa de talhante" antes da controvérsia de pré-lançamento resultar na Capitol em recuperar e reeditar mais de um milhão de LPs em mono e stereo com uma foto inócua dos Beatles reunidos em torno de um baú.


Universal Music | Foto:D.R.