Buscar
  • Alvor FM

Paulo Furtado (The Legendary Tigerman) assina a Banda Sonora de ''Última Hora''


A Banda Sonora de Última Hora, gravada nos Estúdios Tigre Branco em Lisboa, foi composta e interpretada por Paulo Furtado com a ajuda de Filipe Rocha no Contrabaixo e Teclados e de João Cabrita nos Saxofones e Teclados.

Encontra-se já disponível em todas as plataformas de streaming.

Nas palavras do Artista:

Para mim, cada Banda Sonora que componho, quer seja para Teatro ou para Cinema, comporta sempre em si um universo particular e único.

Às vezes o universo do Legendary Tigerman é reconhecível na música dessas Bandas Sonoras, mas acredito que na sua maioria isso não aconteça.

Quando comecei a trabalhar na música para o Última Hora, pensei nesta peça de teatro como se fosse uma série: um tema principal, com variações, para a sua abertura; depois, senti necessidade de compor temas secundários, ambientes, separadores.

Em Última Hora há uma guerra de Titãs, em que o velho jornalismo de qualidade parece fadado a desaparecer, esmagado pela modernidade e pelo lucro, entre fumo de cigarros, copos de whisky, vodkas tónicos e bifes com ovo a cavalo. Tudo isto regado a Jazz, claro.

E a Banda Sonora reflete tudo isto, claro, entre sons concretos, saxofones, contrabaixos, beats feitos com máquinas de escrever, sintetizadores modulares e uma ou outra guitarra ocasional.

Última Hora, espetáculo encenado por Gonçalo Amorim a partir do texto que Rui Cardoso Martins escreveu para o Teatro Nacional D. Maria II, conta com interpretação de Catarina Couto Sousa, Cláudio Castro, Ema Marli, Inês Cóias, João Grosso, José Neves, Lúcia Maria, Manuel Coelho, Maria Rueff, Miguel Guilherme, Nadezhda Bocharova, Paula Mora, Pedro Moldão e com Paulo Furtado ao leme do universo musical da peça.