top of page
Buscar
  • Alvor FM

O regresso dos Entre Aspas está marcado para 2023


O regresso dos Entre Aspas faz-se em 2023 com uma série de iniciativas!


Os Entre Aspas foram um dos mais celebrados projetos de música pop portuguesa nos últimos 30 anos. Por essa razão, os elementos da banda decidiram reunir-se criando uma série de iniciativas a decorrer em 2023. Tudo começa já em janeiro....


Mas, porquê agora? O regresso em 2023? Viviane responde-nos que "... é um regresso provisório em jeito de celebração que terá lugar apenas durante o ano de 2023. Vamos comemorar os 30 anos da saída do primeiro álbum intitulado "Entre S.F.F" que data de 1993. Apesar da banda não estar no ativo, temos mantido ao longo destes anos uma amizade que fez despertar em nós a vontade de nos voltar a reunir."


O regresso dos Entre Aspas terá vários formatos, como nos explica Tó Viegas "para celebrar estes 30 anos vamos ter várias iniciativas, a primeira das quais terá lugar no início do ano com a saída de uma nova versão do nosso 1º single "Criatura da noite" da autoria do reconhecido produtor brasileiro Alê Siqueira. Na primavera, sairá um disco com temas inéditos de um último álbum que não chegou a ser editado em 2004, devido à suspensão da atividade da banda nessa altura. Por fim, no outono, será igualmente lançado um documentário sobre o percurso da banda. Ainda durante o próximo ano, a banda vai voltar a juntar-se para realizar alguns concertos ao vivo um pouco por todo o país e assim festejaremos as nossas canções partilhando-as novamente com o nosso público."


Curiosos por saber o porquê da escolha do produtor Alê Siqueira para uma nova abordagem do tema "Criatura da Noite", Nuno Filhó diz-nos que "o Alê Siqueira é um produtor consagrado e multipremiado muito reconhecido no Brasil, que ao longo da sua carreira trabalhou com Elza Soares, Tom Zé, Arnaldo Antunes, Chico Buarque, Caetano Veloso, Mayra Andrade ou Cheikh Lô e ganhou Grammys Latinos pela produção de disco dos Tribalistas, Omara Portuondo e Carlinhos Brown. Assim sendo decidimos convidar o Alê a compor uma versão da Criatura da noite à qual ele decidiu imprimir um estilo electro-swing que nos agradou muito."

© Beware!




bottom of page