top of page
Buscar
  • Foto do escritorAlvor FM

Niall Horan lança novo álbum, ''The Show''


Niall Horan lançou "The Show", o seu terceiro álbum de estúdio. Revelando o crescimento e experiência de vida que conquistou desde que lançou em 2020 "Heartbreak Weather" – um álbum feito quando tinha 20 e poucos anos – o resultado é uma declaração profundamente sentida e infinitamente fascinante sobre seguir a nossa intuição até à verdade absoluta.

Horan também lança ainda o vídeo oficial da canção que dá título álbum. Realizado por Connor Brashier (Kygo, Shawn Mendes), o vídeo foi filmado no Downtown Palace, um teatro no centro de Los Angeles que remonta à era vaudeville. Enquanto uma equipa se prepara para o espetáculo da noite, Horan interpreta "The Show", acompanhando-se ao piano – mesmo quando o caos começa a explodir à sua volta.

Acompanhada por arranjos de cordas hipnóticos e um piano comovente, "The Show" foi a primeira canção em que Horan trabalhou para o novo álbum. A canção reflete sobre o desejo inegavelmente humano de controlar o incontrolável, acabando por incitar o ouvinte a abraçar totalmente a vida com toda a sua confusão. Horan escreveu o tema no final de uma noite de verão em 2020, depois da digressão de promoção a "Heartbreak Weather" ter sido cancelada devido à pandemia. Com a maioria das guitarras guardadas com o equipamento da digressão, Horan sentou-se ao piano e compôs espontaneamente uma canção que viria a definir toda uma nova era da sua carreira.

Entretanto, Niall Horan vai andar em digressão a promover o novo disco, tendo já regresso marcado para Portugal: é cabeça de cartaz do festival MEO Sudoeste, com concerto no dia 9 de agosto.

Em "The Show", Horan trabalhou com um círculo restrito de colaboradores, incluindo Julian Bunetta (Thomas Rhett, SG Lewis), Amy Allen (Halsey, Sam Smith), Jamie Scott (Jessie Ware, Rag'n'Bone Man) e os aclamados produtores John Ryan e Joel Little. Construído a partir de um estilo pop alternativo exuberante e radiante, muita da força hipnotizante do álbum vem da utilização das harmonias - um elemento inspirado por Crosby, Stills & Nash, Jackson Browne e outros membros da cena musical dos anos 1960/1970 de Laurel Canyon – o mesmo bairro onde viveu temporariamente ao longo dos últimos sete anos.

Natural de Mullingar, na Irlanda, Horan vendeu mais de 80 milhões de discos e fez várias digressões pelo mundo como parte dos icónicos One Direction. A sua estreia a solo, "Flicker", entrou para o 1.º lugar do top 200 da Billboard em outubro de 2017, sendo que faziam parte do álbum os singles "Slow Hands" (Tripla Platina nos EUA) e "This Town" (Dupla Platina nos EUA). O álbum atingiu o top 10 em 20 países no total. "Flicker" soma mais de 8 mil milhões de streams combinados e conquistou o galardão de platina em cinco países (incluindo os EUA) e de ouro em outros sete países. Seguiu-se em 2020 o álbum "Heartbreak Weather" que liderou as tabelas de vendas de álbuns no Reino Unido e da Billboard.

Agora, Niall Horan entra numa nova fase da sua carreira com "The Show", um corpo de trabalho nascido da sua missão de longa data de estabelecer uma relação de proximidade com a sua comunidade global de fãs apaixonados e dedicados.


Universal Music


Comments


bottom of page