Buscar
  • Alvor FM

MADONNA :: Novas compilações celebram o recorde de 50 ''Nº 1s'' na tabela Dance Club da Billboard


Madonna voltou a fazer história ao chegar ao topo da tabela Dance Club pela 50.ª vez, tornando-se o primeiro e único artista a ter 50 "Nº1" numa tabela Billboard.

Para celebrar este marco histórico, Madonna criou duas novas compilações: FINALLY ENOUGH LOVE: 50 NUMBER ONES, com 50 faixas, que incluem as suas remixes favoritas que se ouviram em discotecas em todo o mundo durante quatro décadas, e uma versão abreviada com 16 faixas intitulada simplesmente FINALLY ENOUGH LOVE.

Estas novas compilações constituem os primeiros lançamentos resultantes da recém-anunciada parceria entre Madonna e a Warner Music Group, que incluirão uma série de lançamentos nos próximos anos.

50 NUMBER ONES abarca todo o reinado de Madonna nas tabelas de música de dança. Além das músicas favoritas dos fãs, a compilação inclui uma seleção de remixes raras, sendo mais de 20 as que são agora lançadas oficialmente pela primeira vez ou que fazem a sua estreia nas plataformas digitais. A compilação estará disponível em formato digital em 19 de agosto e, em simultâneo, numa versão de 3 CDs em edição limitada.

A versão com 16 faixas, FINALLY ENOUGH LOVE, estará disponível nas plataformas de streaming em 24 de junho, e as versões em CD, duplo LP e Download Digital estarão disponíveis em 19 de agosto.

Com mais de 220 minutos de remixes, o alinhamento de FINALLY ENOUGH LOVE: 50 NUMBER ONES segue praticamente uma ordem cronológica, numa amostra das muitas reinvenções musicais que fizeram de Madonna um ícone internacional, desde "Holiday" (1983) a "I Don't Search I Find" (2019), com remixes de alguns dos maiores e mais influentes DJs e produtores de sempre, incluindo Shep Pettibone, William Orbit, Honey Dijon e Avicii.

Em várias canções, Madonna conta com a participação de outros artistas, incluindo Britney Spears ("Me Against The Music"), Justin Timberlake e Timbaland ("4 Minutes") e Nicki Minaj ("Bitch I'm Madonna"). Todas as remisturas foram remasterizadas para a compilação por Mike Dean, que produziu os dois mais recentes álbuns de estúdio de Madonna, Rebel Heart (2015) e Madame X (2019).

Estas duas compilações são lançadas no ano em que You Can Dance, a primeira compilação de remixes de Madonna, comemora o seu 35.º aniversário. You Can Dance vendeu mais de cinco milhões de exemplares em todo o mundo e ainda é o segundo álbum de remixes mais vendido de sempre. Também é prestada uma homenagem a "Everybody," o primeiro single de Madonna, que comemora o 40.º aniversário no dia 6 de outubro. Para o alinhamento de FINALLY ENOUGH LOVE, Madonna repescou três temas de You Can Dance - "Into The Groove", "Everybody" e "Physical Attraction" - que refletem a vibrações das discotecas que inspiraram as suas primeiras gravações para a label Sire.

Juntamente com estas raridades, os álbuns apresentam versões oficialmente lançadas pela primeira vez, incluindo, entre outras, a "Alternate Single Remix" de "Keep It Together," a "Offer Nissim Promo Mix" de "Living For Love."

Um dos 50 "Nº1" presentes em FINALLY ENOUGH LOVE ,"Causing A Commotion", foi escolhido para um lançamento exclusivo para o Record Store Day, realizado no passado dia 23 de abril. Para esse evento foi lançada uma edição limitada de um EP em vinil vermelho com cinco faixas, intitulado Who's That Girl Super Club Mix, que incluía três remisturas do tema "Causing A Commotion".


Warner Music | Foto:D.R.