Buscar
  • Alvor FM

K R A F T W E R K - ''Remixes'' || Disponível dia 25 de março de 2022


Depois do seu lançamento em todas as plataformas de streaming, em dezembro de 2020, a compilação dos Kraftwerk intitulada 'Remixes' vai ser editada em vinil e CD pela Parlophone Records, 25 de março de 2022.

A compilação mostra a imensa influência dos Kraftwerk na cultura Club & DJ, na música tecno e em todas as formas de música de dança eletrónica. Compõe-se de 19 remixes oficiais, incluindo remixes produzidas pelos próprios Kraftwerk e versões de alguns dos melhores DJs e produtores do mundo, entre os quais, François Kervorkian, William Orbit, Étienne de Crécy, Orbital, Underground Resistance, DJ Rolando e Hot Chip. As remixes provêm de singles de 12", singles CD e edições digitais dos Kraftwerk entre 1991 e 2021.

O álbum inclui ainda a mais recente produção dos Kraftwerk criada no estúdio Kling Klang, 'Non Stop', e remixes de 'Home Computer' e 'Tour De France (Etape 2)'. 'Non Stop' nasceu como um soundbite gravado para a MTV nos anos 80, mas em 2020 os Kraftwerk pegaram no clip original de 30 segundos e transformaram-no numa odisseia de 8 minutos.

Os fãs e os colecionadores ficarão agradados com a inclusão da Hardcore Mix de 'Radioactivity', da autoria de William Orbit, que só estava disponível no single de 12" lançado nos EUA em 1991; destacam-se ainda a versão de 'Expo 2000' de DJ Rolando, as remixes de 'Aéro Dynamik' de Francois K & Étienne de Crécy, a remix de 'The Robots' ('Robotnik') dos Kraftwerk e a mistura de 'La Forme' de Hot Chip. Embora todas as remixes incluídas estejam disponíveis em serviços de streaming, as cópias físicas estão esgotadas há muito, e esta edição em vinil triplo e CD duplo é um contributo bem-vindo para o catálogo dos Kraftwerk e uma obra obrigatória para os DJs eletrónicos.

'Remixes' conta com a participação de alguns dos melhores DJs da história da cultura Club, dado que a ligação entre os Kraftwerk e os DJs é um elemento importante do legado da banda. As sementes foram lançadas à terra num clube nova-iorquino, em 1977, quando Ralf Hütter e Florian Schneider, fundadores dos Kraftwerk, ouviram Afrika Bambaataa transformar 'Trans Europe Express' e 'Metal On Metal' numa mistura de 20 minutos que pôs a América Negra a dançar. Depois surgiu 'Planet Rock' e o resto é história...

A digressão mundial do seu espetáculo 3-D dos Kraftwerk inclui um concerto em Lisboa integrado no Festival Kolorama que vai acontecer no Parque da Bela Vista entre os dias 1 e 3 de setembro de 2022.