Buscar
  • Alvor FM

Jean-Michel Jarre anuncia o 22.º álbum de estúdio, ''Oxymore''


O pioneiro da música eletrónica, Jean-Michel Jarre, edita 'OXYMORE' - o 22º álbum de estúdio e um dos seus mais ambiciosos projetos até à data - a 21 de outubro.


O álbum foi concebido como uma obra imersiva em versão multicanal e áudio 3D. O som multicanal áudio 3D vai revolucionar a forma como a música é composta, misturada e produzida, posicionando sons e texturas a 360 graus, e pode ser facilmente experienciado por qualquer ouvinte com auscultadores. 'OXYMORE' é a primeira edição comercial desta envergadura, capaz de elevar o futuro do áudio e do som a este nível.


Como parte deste projeto imersivo, Jean-Michael Jarre também vai revelar 'OXYVILLE', um universo de realidade virtual que acompanha a edição do álbum.


"OXYVILLE vai ser uma cidade musical virtual, e no futuro vou convidar outros artistas a fazerem parte dela, assim como a dar masterclasses e outros acontecimentos. Quero que se transforme num laboratório de novas experiências musicais," explica. Jean-Michel Jarre está habituado a ruturas inovadoras, quando se trata de realidade virtual e do metaverso, tendo recentemente apresentado 'Welcome to the Other Side', uma transmissão vanguardista através de livestream, de uma Notre Dame virtual em Paris, na noite da passagem de ano para 2021. A Pollstar, publicação de referência de digressões e entretenimento, revelou que a transmissão bateu recordes de audiência, com mais de 75 milhões de espectadores por todo o mundo, entre as diversas plataformas digitais, televisão e realidade virtual.


Durante o processo criativo de OXYMORE, Jarre apresentou ao vivo uma versão inicial da peça em áudio espacial físico de 360 graus em estreia mundial, dentro das paredes da Maison de la Radio em Paris, casa do Groupe de Recherche Musicale, de Jean-Michel Jarre, alguns anos antes de 'Oxygène'. Os poucos felizes contemplados e puristas da música concreta, que puderam estar presentes, foram convidados a fechar os olhos e mergulhar por completo na música: 'Oxymore' foi recebido como uma «oeuvre majeure» - uma obra maior no repertório.


O concerto também foi oferecido como experiência social em realidade virtual em tempo real, e foi descrito por publicações e especialistas em realidade virtual, como Kent Bye do podcast 'Voices of VR', que assumiu que "Oxymore está provavelmente quatro, cinco anos à frente do que o Meta (facebook) pensa", como um dos mais inovadores espetáculos em realidade virtual até hoje.


'OXYMORE' estará disponível a partir de 21 de Outubro


Jean-Michel Jarre sempre foi um futurista. Ao longo da sua ilustre carreira, o compositor, intérprete, produtor, e embaixador cultural continuou a quebrar barreiras com a sua música e inovação criativa. Desde o papel de pioneiro precoce da música eletrónica, à utilização da tecnologia e produção multicanal, até às recentes explorações no domínio da performance em realidade virtual e no metaverso, a tecnologia está na vanguarda da sua obra. É citado a defender que "este é o tempo mais excitante para criar, fazer música, e partilhá-la através de diferentes meios".


Jean-Michel Jarre foi nomeado Embaixador da Boa Vontade da UNESCO pelas Nações Unidas, é um defensor incondicional dos direitos de autor, protetor do ambiente, e detentor de uma Medalha Stephen Hawking em comunicação científica.


O catálogo atual de Jean-Michel Jarre inclui 21 álbuns de estúdio desde 'Oxygène', e gerou vendas superiores a 85 milhões de álbuns em todo o mundo, valendo-lhe ainda inúmeros prémios e nomeações. Ao longo da sua carreira, Jean-Michel Jarre usou como bandeiras alguns dos acontecimentos mais icónicos assim como património mundial da UNESCO, por todo o mundo, para transmitir uma mensagem criativa, cultural e ambiental. Prepara-se também para fixar um novo recorde do Guinness de audiência em concertos em diversos lugares emblemáticos. Foi o primeiro músico ocidental a ser convidado para atuar na China, além de ter produzido e realizado concertos nas Grandes Pirâmides do Egipto, no Deserto do Saara, na Cidade Proibida e na Praça de Tiannanmen, nos Arranha-Céus de Houston, na Torre Eiffel, no Mar Morto, no Al Ula e muitos outros. Consistentemente esgotou arenas e digressões de estádio em todos os continentes, assim como atuou nos maiores festivais. Em 2021, entrou no Ano Novo com Welcome to the Other Side, um livestream seminal, transmitido globalmente a partir uma Notre Dame virtual, em Paris. A Pollstar, publicação de referência de digressões e entretenimento, revelou que a transmissão bateu recordes de audiência, com mais de 75 milhões de espectadores por todo o mundo, entre as diversas plataformas digitais, televisão e realidade virtual.

Sony Music