top of page
Buscar
  • Foto do escritorAlvor FM

Jacob Collier está de volta com novo álbum




Passaram cinco anos desde que Jacob Collier embarcou na viagem musical épica de "Djesse". O que começou como uma ideia ambiciosa de fazer um álbum massivo em 2018, transformou-se numa visão ampla de uma série de quatro partes que abrange todos os géneros musicais existentes, culminando num grand finale que combina todos os elementos que vieram antes. Através de três vitórias nos GRAMMYs, seis nomeações, incluindo para Álbum do Ano de 2020, com "Vol. 3", dezenas de colaborações e centenas de atuações, o talento e a imaginação de Collier continuaram a exceder as suas próprias expectativas estratosféricas e levaram os fãs a esperar o inesperado. Chega às lojas e plataformas digitais o tão aguardado capítulo final desta série histórica na sua carreira: "Djesse Vol. 4".


Criado no seu famoso estúdio caseiro e na estrada enquanto andava em digressão pelo mundo, "Djesse" explorou e expandiu os sonhos criativos mais loucos de Collier. Embora a sua música seja orgulhosamente inclassificável, Collier entra num universo sonoro distinto a cada volume.


Com o "Vol. 4", a saga termina com a combinação incandescente de arcos narrativos, alquimiando um espectro completo de emoções num momento massivo e alegre de despertar e potencial humano.


"Djesse Vol. 4", inclui uma lista surpreendentemente impressionante de colaboradores. Chris Martin, John Legend, aespa, Tori Kelly, Madison Cunningham, Chris Thile, Yelle, CHIKA, Anoushka Shankar, The Aeolians 2018 Choir, Lindsey Lomis, a sua mãe, Suzie Collier, e outros juntam-se aos já revelados Shawn Mendes, Stormzy, Kirk Franklin, John Mayer, Lizzy McAlpine, Brandi Carlile, Michael McDonald, Lawrence e ao "Audience Choir", composto pelas gravações de vozes de 150 mil fãs espalhados pelo mundo. Consulte abaixo o alinhamento completo: 16 canções que formam a emocionante conclusão da jornada épica de Collier, "Djesse", que começou em 2018.


No total, "Djesse" é composto por 53 canções e acolhe uma lista sem precedentes de quase 50 artistas de todos os cantos da indústria musical, além de uma infinidade de coros, orquestras e muito mais no mundo singular de Collier. A lista de convidados especiais vai de Ty Dolla $ign, T-Pain, Jessie Reyez e Daniel Caesar, a Kimbra, Rapsody, JoJo, Lianne La Havas, Oumou Sangare, Hamid El Kasri, Laura Mvula, Steve Vai, Take 6 ou à própria mãe de Collier.


Ao longo da evolução de "Djesse", a carreira de Jacob Collier alcançou conquistas tremendas como artista a solo a liderar os maiores palcos do mundo, e como um colaborador muito solicitiado. "Djesse" deu a Collier três prémios GRAMMY e seis nomeações. No geral, Collier foi 5 vezes vencedor e 11 nomeado, tornando-o o primeiro artista britânico na história a ganhar quatro Grammys por cada um dos seus primeiros quatro álbuns. Também colaborou extensivamente com os Coldplay e Chris Martin, tendo atuado com o grupo no "Saturday Night Live", como convidado especial nos concertos que deram no Estádio de Wembley, e no álbum "Music of the Spheres". Também contribuiu para grandes sucessos, incluindo "Good Days" de SZA e canções de Lizzy McAlpine e Kehlani, e lançou uma linha exclusiva de Crocs que fazem música. Collier gravou dois NPR Tiny Desks, falou nas TED Talks e apresentou-se em programas de TV em todo o mundo, incluindo "Later with Jools Holland" da BBC, "The Late Show with Stephen Colbert", "Jimmy Kimmel Live!", "The Tonight Show with Jimmy Fallon", entre outros.


Entretanto, o cantor, compositor, multi-instrumentista, produtor e vencedor de cinco Grammys anunciou sua maior digressão europeia de sempre. Produzida pela Live Nation, esta digressão arranca em Lisboa a 2 de novembro na Sala Tejo da Altice Arena, e vai ainda passar por outras 20 cidades europeias e termina no Reino Unido com um concerto especial na O2 Arena, em Londres – a sua cidade natal.


Universal Music

Commentaires


bottom of page