top of page
Buscar
  • Foto do escritorAlvor FM

Histórias de amor e de resistência ao Estado Novo vão à cena no Teatro Municipal de Portimão




O TEMPO – Teatro Municipal de Portimão leva à cena na noite de 10 de fevereiro, a partir das 21h00, a peça “Esta é a Minha História de Amor”, uma viagem ao passado recente da resistência contra o totalitarismo do Estado Novo, que fala sobre as relações capazes de sobreviver à perseguição implacável, que as fortaleceu.

 

Em "Esta é a minha história de amor", pessoas reais contam as suas histórias de vida de luta contra o fascismo e o colonialismo português, olhando para esse passado recente de resistência com foco no amor e nas relações amorosas que nasceram no seio da luta social, analisando como foram capazes de sobreviver à perseguição do Estado Novo e, ao mesmo tempo, estiveram na base da sustentabilidade dos seus combates políticos e militares.

 

A partir desta premissa, foram investigados testemunhos de pessoas que estiveram na clandestinidade e no exílio, mas também daquelas que fizeram partes dos movimentos de libertação das antigas colónias portuguesas e de pequenos atos de resistência na vida quotidiana.

 

Este espetáculo de teatro documental, concebido pela companhia Hotel Europa em coprodução com o Teatro Nacional Dona Maria II, agrupa histórias incríveis ligadas à clandestinidade e às lutas antifascistas, tanto em Portugal quanto nas antigas colónias, protagonizadas por figuras marcantes como Isabel do Carmo, Margarida Tengarrinha e Gouveia Carvalho (em vídeo), Mariana Camacho, e ainda Armando Morais e Mariana Morais, sob a direção de André Amálio, que também integra o elenco.

 

Os ingressos para o espetáculo, integrado no programa do Município de Portimão para comemorar os 50 anos do 25 de Abril de 1974, custam 8 euros e podem ser adquiridos em https://tempo.bol.pt, ou diretamente na bilheteira do TEMPO.



Comments


bottom of page