top of page
Buscar
  • Foto do escritorAlvor FM

DULLMEA apresenta o novo disco ''Lloc Comú'', com convidados especiais


Dullmea apresenta o novo disco "Lloc Comú" – um trabalho apresentado em formato de instalação sonora que explora os conceitos de comunicação, diálogo, debate e consenso, instrumentos fundamentais a uma sociedade cada vez mais participativa.

Cada peça foi co-composta e co-gravada por Dullmea e um músico convidado através de um esquema de pergunta-resposta virtual, resultando num objeto verdadeiramente coletivo e dialogado.

Dullmea contou com os músicos convidados Ricardo Pinto, pianista do Porto, um dos mais relevantes criadores de música para teatro do país; Maria João, a voz emblemática do jazz em Portugal; Rui Rodrigues e Miquel Bernat dos Drumming, grupo de Percussão do Porto que tem sido um dos principais impulsionadores da evolução da percussão erudita em Portugal; Pedro Melo Alves, figura relevante do jazz contemporâneo e membro fundador de Omniae Ensemble, The Rite of Trio; Marcelo Rúben Aires, nome de destaque da bateria a nível nacional, membro fundador de Sullen e Rei Bruxo; Guilherme Lapa, contrabaixista e membro fundador dos coletivos Grão a Grão e Sono; Daniel Martinho, que foi Jovem Residente da Casa da Música e criador do álbum "Genealogy"; Tatiana Rosa, artista audiovisual, eletrónica e flautista a residir em Amesterdão; Patrícia Lestre, voz, ukulele e arranjadora de Aquilo Que Vocês Quiserem; Frederic Cardoso, clarinetista que tem conquistado vários prémios em concursos nacionais e internacionais e dedica uma parte significante do seu trabalho à música de câmara e à música contemporânea; e o músico multi-instrumentista André Lourenço, membro fundador dos coletivos Trash Panda Collective e Pinturas Negras, a residir em Amesterdão.

Ricardo Pinto foi o responsável pela mistura e masterização de "Lloc Comú". O design gráfico é de João Pedro Fonseca (Zabra).

Dullmea é um projeto que explora as infinitas possibilidades da voz e da eletrónica. Na sua discografia contam-se os discos "Keter" (2016), "Hemisphaeria" (2019) e [dʊl'mjə̯] (2020). No final de 2021 lança "Orduak", um disco que foi aclamado pela crítica nacional e internacional. Dullmea já se apresentou ao vivo nos Países Baixos, Portugal, Espanha, Brasil, Alemanha, Dinamarca e Reino Unido. Compõe música para teatro.

Daniela Pinto | Foto: Olalla Lojo

Commentaires


bottom of page