top of page
Buscar
  • Foto do escritorAlvor FM

Cian Ducrot revela a sua nova música, ''Part Of Me''


Tudo se está a encaixar para Cian Ducrot. O cantor, compositor, produtor e multi-instrumentista irlandês viu os seus dois singles anteriores – "I'll Be Waiting" e "All For You" (Disco de Ouro) - atingirem o Top 20 da Official Singles Chart, mantendo-se durante mais de seis meses no Top 40 e ultrapassando 300 milhões de streams até o momento. Cian também está a causar impacto internacional, com dois singles no Top 10 na Irlanda, êxitos no Top 20 na Bélgica, Dinamarca, Holanda e Noruega, além de ter alcançado o Top 200 global do Spotify depois de chegar às tabelas em 18 mercados. A sua mais recente digressão pelo Reino Unido esteva totalmente esgotada e atualmente está a concluir uma grande digressão como convidado de Ed Sheeran. E para coroar tudo, o número de seguidores nas redes sociais explodiram nas últimas semanas, chegando a 4,3 milhões de seguidores no TikTok e outros 1,1 milhão no Instagram.

Agora Cian está pronto para consolidar o seu estatuto de estrela em ascensão ao lançar o seu novo single "Part of Me".

"Part of Me" é a homenagem sincera de Cian ao seu melhor amigo Phily, que terminou com a sua própria vida, refletindo sobre aqueles momentos partilhados que definem uma amizade - e são memórias que nunca serão esquecidas. Cian também lamenta não ter tido a oportunidade de dissuadi-lo de uma decisão que não pode voltar atrás. Este é um dos elementos mais cruéis das lutas com a saúde mental: a luta impede que as pessoas procurem ajuda ou iniciem uma conversa que pode fazer toda a diferença.

Cian diz: "Eu estava a tentar escrever 'Part of Me' há muito tempo, mas nunca conseguia acertar. Perder um amigo para o suicídio não é a coisa mais fácil de colocar em palavras, há tantas emoções de tantas pessoas que deves ter em conta. Eu sabia o quanto a canção seria importante para qualquer pessoa que estivesse a passar pela mesma coisa, então não poderia errar. Acho que, eventualmente, houve um momento em que simplesmente deixei ir e lembro-me de todas as letras a surgirem do que parecia ser um lugar nenhum e sabia que era isso, tudo o que sentia, tudo o que queria dizer e captar sobre a nossa amizade, a pessoa que ele era, como ele nos fez sentir e como ele nos fez sentir, tudo isso ficou espelhado nesta canção. Sempre pensei que o Phily viveria para sempre, espero que esta canção possa substituí-lo."

Criado em Cork, Cian cresceu rodeado de música e destacou-se cedo, tendo aprendido a tocar piano, guitarra clássica, saxofone, percussão, bateria, violino e flauta. Estudou na Royal Academy of Music de Londres desde os nove anos e rapidamente se sentiu dividido entre a sua formação clássica e o seu desejo de fazer música pop. Continuou os estudos enquanto escrevia canções e as partilhava nas redes sociais, mas a sua decisão foi tomada após um acampamento de compositores de sucesso em Los Angeles. O fator decisivo entre os dois mundos foi a capacidade que um artista pop tem de se relacionar com o seu público - e isso continua a ser

um grande aspeto da sua arte até hoje. Estava longe de ser um sucesso da noite para o dia, no entanto, muitas vezes ia pedindo dinheiro emprestado, cantava, dormia em sofás e aceitava trabalhos aleatórios para financiar viagens de escrita para Londres e Los Angeles. A sua primeira descoberta no TikTok levou ao seu EP de estreia "Make Believe" e cresceu em estatuto com cada lançamento, especialmente quando "I'll Be Waiting" e "All For You" completaram o seu trajeto de concertos em pubs em Cork até alcançar os lugares cimeiros dos tops. E há muito mais por vir, a começar com "Part of Me" e "Victory".

Cian também é cada vez mais requisitado como colaborador, tendo participando no remix "People" de Libianca. Foi convidado para coescrever com SZA em Los Angeles, a canção resultante desta parceria será lançada no futuro, e também coescreveu o sucesso global de Lauren Spencer-Smith "Flowers".



Komentáře


bottom of page