Buscar
  • Alvor FM

Captain Boy está de volta com o novo álbum ''Domingos Lentos''


O músico de Guimarães está de volta aos discos com o novo trabalho "Domingos Lentos".


Captain Boy atuou no Festival Soundcity, em Liverpool, no passado dia 1 de Maio. O convite surgiu após o músico ter sido selecionado em 2019 para o INES#talent 2020 depois de ter passado pelo WestwayLab nesse ano. O INES#talent, uma plataforma de showcases internacional, pretende dar espaço a novos talentos musicais e anualmente apresenta sugestões de vários artistas para os eventos dos seus parceiros. A atuação de Captain Boy no Soundcity contou com o apoio da Fundação GDA.

O Soundcity é um Festival que dá palco a novos talentos: já passaram por lá artistas que hoje são grandes nomes da música, como Ed Sheeran, Florence and the Machine, Stormzy, Years & Years, etc.

"Domingos Lentos" é o terceiro longa duração de Captain Boy. O novo álbum foi totalmente escrito em português, inspirado por autores como Bukowski e Hermann Hesse e fala sobre autodestruição, perda e descoberta. Ainda que seja um álbum introspetivo, o músico decidiu compô-lo a pensar na banda que o acompanha do vivo, para poder explorar de forma mais enérgica as suas canções.

O novo disco tem toques de psicadelismo, ritmos bem definidos e pianos obscuros que parecem ter sido tirados de um filme dos anos 60. Foi gravado num moinho em Torres Vedras, conta com a produção de Giliano Boucinha e Pedro Sousa Moreira e foi masterizado por Timothy Stollenwerk (Morphine, Kevin Morby, Chromatics).

A segunda amostra do novo disco, depois do primeiro single "Só Se Estraga Uma Casa", é o tema que dá nome ao álbum, "Domingos Lentos". É uma canção com dupla personalidade, em que a calmaria precede a tempestade, composta por guitarras deambulantes, batidas primitivas e tocada com a intensidade de quem quer limpar a alma a todo o custo.

O Puto Capitão está também de volta aos palcos com um espetáculo novo que se assume como um momento de mudança. Em palco vai estar acompanhado dos músicos Giliano Boucinha (guitarra, piano e teclado), Paulinho Harley (baixo), Maurício Medon (bateria) e Flávio Pereira (trompete).


Daniela Pinto | Foto:D.R.