• Alvor FM

''AmarElo - Ao Vivo'', de EMICIDA, já disponível em todas plataformas de streaming e no Netflix

"

Para que hoje a gente esteja nesse lugar, que foi negado aos nossos ancestrais, muitas pessoas suaram e sangraram no caminho", afirmou Emicida em novembro de 2019, em cima do palco do Theatro Municipal, na apresentação de lançamento da experiência social 'AmarElo'. Para o cantor e compositor paulista, aquele foi o dia mais bonito da história daquele espaço e, por isso, ele merecia ser eternizado em vídeo. Usando esse espetáculo como fio condutor, o artista deu novos contornos à história da cultura brasileira com o lançamento do documentário 'AmarElo - É Tudo pra Ontem', que chegou ao Netflix em dezembro de 2020. Em tempos de pandemia, em que a indústria do entretenimento vem sofrendo com a paralisação, Emicida ousa, mais uma vez, ao lançar no passado 15 de julho o registo desta apresentação histórica, que conta a participação especial de Pabllo Vittar, Majur, MC Tha, Drik Barbosa e Jé Santiago. Paralelamente à disponibilização do registo audiovisual do espetáculo em lançamento global na Netflix, é também editado digitalmente o álbum ao vivo do concerto.

"Quando a gente coloca naquelas cadeiras do Theatro Municipal de São Paulo o pessoal do Movimento Negro Unificado, que em 1978 estava do lado de fora, protestando contra o racismo nas escadarias porque eles não podiam acessar aquele espaço, a gente está passando a seguinte mensagem: nós somos a continuidade daqueles homens e daquelas mulheres", comenta Emicida sobre a importância do espetáculo no Municipal. "Quando escolhemos aquele palco para o lançamento de 'AmarElo', sabíamos que seria a primeira vez que muitas pessoas pisariam ali. A partir do momento em que a molecada entra no Municipal e vê aquele lugar suntuoso e inspirador, pensam assim: 'eu tenho que ser grande que nem esse lugar'", acrescenta.


Sony | Foto: Direitos Reservados