Buscar
  • Alvor FM

AGIR participa no novo single de Salvador Sobral ''Vertigem''


A primeira colaboração de Salvador Sobral com AGIR já está disponível. "Vertigem", single da autoria de Salvador Sobral e com participação especial de AGIR. O vídeo foi realizado por Arlindo Camacho e Daniela Gandra.

A vontade de Salvador Sobral de experimentar todas as músicas do mundo e o impulso criativo de AGIR foram o ponto de partida para uma parceria musical que começou na Mesa de Frades e rapidamente saltou para o estúdio.

«Conheci o Salvador na Mesa de Frades, numa noite de amigos em comum. Falámos da fase musical que cada um de nós estava a passar e foi quando ele me disse que gostava de experimentar algo mais electrónico. Combinámos e fomos para estúdio. Começámos a fazer um som sem compromisso, só com melodias por cima de um instrumental. Na segunda sessão, o Salvador trouxe a letra feita e quando a começou a gravar, disse: "giro era tu entrares" e daí, ao imaginar um vídeo, foi um instante. Gosto desta atitude de verdadeira liberdade do Salvador, de fazer o que lhe apetece e arriscar coisas mais "fora". Se for para repetir eternamente a mesma canção, não estamos cá a fazer nada. »

AGIR

«Gosto de todas as músicas do mundo. Quero experimentar todos os géneros. Tive a oportunidade de partilhar esta vontade com o Agir no nosso encontro na Mesa de Frades e ele desafiou-me a passar pelo estúdio dele. Mostrou-me algumas das coisas que andava a fazer com outras artistas e o do seu projecto a solo. Adorei a produção, tudo soava GRANDE. Nesse mesmo dia ele disse-me: "Bora fazer um som?" Começámos a tocar uns acordes ao piano e numa tarde a música estava feita, assim, aos primeiros takes e sem auto-boicote - um método bastante diferente do que uso habitualmente para compor. Aprendi muito com o Agir, não só na esfera musical de não pensar demasiado e deixar sempre correr o fluxo criativo, mas também na esfera pessoal. Ele é um artista que sabe perfeitamente o que quer, dos mais focados que conheço, sem pudor de dizer que não a algo que não lhe apraz. Sem pudor de pensar gigante para depois fazer grande. Acho que já ganhei o direito de lhe chamar Bernardo, o que significa claramente que somos amigos. Certo, Bernardo? »

SALVADOR SOBRAL


Sons em Trânsito | Foto Arlindo Camacho