Buscar
  • Alvor FM

''469'' o novo single de Nayela


Neste novo single, NAYELA apresenta-nos uma canção para ser sentida em movimentos lentos. Uma dança a dois, um flirt que acontece pelas mãos e os pés daqueles que se encontram e dançam juntos pela primeira vez. A autora de "PERDA" canta a sua sensualidade e exalta as mulheres que não têm medo de dar o primeiro passo ou de assumir o papel principal numa relação.

Recorrendo a uma melodia contagiosa e um groove zouk tarraxo meets afropop, NAYELA convida o ouvinte a imaginar-se na quente e electrizante Luanda e com disponibilidade total para descobrir o amor numa pista de dança. No vídeo que ilustra a canção, realizado por JP Moreira e com styling assinado por Ruben De Sá Osório. A intimidade de um clube de dança é recriada através de múltiplos cenários coloridos onde NAYELA, encarnando a personagem de uma vixen, deixa transparecer toda a sua feminilidade e a ousadia de quem vêm para nos prender como um íman.

NAYELA atua no Sons em Palco no Selina em Lisboa dia 11 de Agosto, e é também uma das convidadas de Kady no concerto agendado para o Festival Sol da Caparica no dia 13 de Agosto. Em Setembro subirá ao palco do Festival Iminente que terá lugar na Matinha nos dias 23, 24 e 25 de Setembro.

NAYELA é uma cantora-compositora e multi-instrumentalista angolana, nascida em Bruxelas. A sua inspiração musical nasce da intersecção entre semba, MPB, hip-hop, kuduro, kizomba e música electrónica. Radicada em Lisboa desde 2019, onde além de colaborações com artistas como Dino d'Santiago e Kady é a cidade onde estreou-se também como actriz curta-metragem "Pele Escura" (2021), realizado por Graça Castanheira. A sua música combina, sem esforço, vulnerabilidade e nostalgia. A leveza lírica das imagens que a sua voz invoca convidam o ouvinte a entrar num mundo construído a partir de grooves de baixo ondulantes, batidas quebradas envolvidas em camadas de sintetizadores etéreos que ela denomina como sendo R&B sob o signo de Luanda.


Sony | Foto:D.R.